Polícia

PCPR prende 18 homens em operação de combate à violência contra as mulheres

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu 18 homens nesta quarta-feira (8) durante uma operação de combate à violência contra as mulheres em todo o Estado. Dos presos, 11 são suspeitos por crimes de feminicídio. A ação aconteceu simultaneamente em todo o Paraná e faz parte da Operação Átria, realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) com abrangência nacional. Ela deve durar todo o mês.

Os policiais civis apreenderam 12 armas e 464 munições, além de notebooks e celulares, durante o cumprimento de 17 mandados de busca e apreensão. “Nós continuaremos com as ações durante todo o mês de março para intensificar o combate à violência contra a mulher”, afirma a delegada Luciana Novaes.

A operação conta com a participação das polícias civis de todos os estados e do Distrito Federal, sob coordenação da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão do MJSP.

Além do combate à violência contra a mulher, por meio da apuração de denúncias, instauração de inquéritos policiais, realização de atendimentos às vítimas e cumprimento de mandados de prisão, ela também promove ações educativas, como palestras, orientações e cursos.

As polícias civis vão atuar, de forma conjunta, na busca de suspeitos e foragidos da Justiça pela prática de crimes de feminicídio, violência física, psicológica, patrimonial, moral e sexual contra mulheres e outras tipificações.

ÁTRIA – Átria é o nome da principal estrela da constelação denominada “Triângulo Austral” do hemisfério estelar sul. Tem uma coloração alaranjada e consta na bandeira do Brasil, em alusão à posição de destaque da estrela, a operação objetiva reposicionar a mulher, retirando da condição de vítima e a pondo em evidência.

CANAL DE DENÚNCIA – As denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas através do 181, que atende todo o Paraná e funciona diariamente, 24 horas por dia.

 

PCPR

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *